Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. Moro vai ao Senado para explicar mensagens divulgadas por site. Ontem à noite, o ‘Intercept’ divulgou novo diálogo atribuído ao ex-juiz da Lava Jato em que ele diz ser questionável investigar FHC ‘pois melindra alguém cujo apoio é importante’. Mesmo com risco de recessão, o BC deve manter juros em 6,5% ao ano, preveem analistas. Comissão especial da Câmara retoma debate sobre a reforma da Previdência. STJ manda soltar homem que ficou preso 7 meses por dar ‘auxílio moral’ a criminosos. VAR anula 2 gols, e Brasil fica no 0 a 0 com a Venezuela na Copa América.
Moro no Senado
O ministro da Justiça, Sergio Moro
Rafael Marchante / Reuters
O ministro da Justiça, Sérgio Moro, deve participar de uma audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado para explicar as mensagens atribuídas a ele em conversas com procuradores da Lava Jato.
A participação de Moro na audiência foi anunciada na semana passada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).
O site The Intercept tem revelado nos últimos dias mensagens que, segundo o site, mostram que Sérgio Moro orientou a atuação de integrantes da força-tarefa da Lava Jato.
Novo diálogo
O ministro Sérgio Moro, o procurador Deltan Dallagnol e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso
Isaac Amorim/MJSP; Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil; Wilson Dias/Agência Brasil
O site Intercept divulgou novo diálogo atribuído ao ministro Justiça, Sérgio Moro. O diálogo, segundo o portal, teria ocorrido em 13 de abril de 2017, um dia depois de o Jornal Nacional ter veiculado uma reportagem a respeito de suspeitas contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
A reportagem citada pelo portal foi publicada no JN de 12 de abril e trouxe a delação de Emilio Odebrecht, que contou ter pago caixa dois às campanhas de FHC nos anos 1990 – ele foi eleito presidente em 1994 e reeleito em 1998.
O caso foi parar na Lava Jato de São Paulo e nunca passou pela avaliação nem do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, nem do então juiz Sérgio Moro.
Segundo o site, Moro teria manifestado contrariedade com a decisão de investigar o caso em São Paulo mesmo já estando provavelmente prescrito porque isso melindraria “alguém cujo apoio é importante”.
Taxa de juros
Apesar do risco de o Brasil entrar novamente em recessão, que tecnicamente se caracteriza por dois trimestres consecutivos de queda do Produto Interno Bruto (PIB), o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) não deve reduzir a taxa básica de juros da economia brasileira. A previsão do mercado financeiro é da manutenção, nesta quarta-feira, da taxa básica em 6,5% ao ano.
Reforma da Previdência
Comissão da Câmara começa a debater parecer do relator que propõe mudanças na Previdência
A comissão especial da PEC da Previdência na Câmara retoma a discussão do parecer do deputado Samuel Moreira, que começou a ser debatido ontem. O presidente da casa, Rodrigo Maia, quer que o parecer seja colocado em votação na comissão na próxima terça (25).
No Senado, a Comissão de Assuntos Sociais convidou o secretário especial de previdência, Rogério Marinho, para debater a proposta de reforma da Previdência.
Crivella
Crivella e o presidente da Câmara, Jorge Felippe, no plenário
Renan Olaz/CMRJ/Divulgação
A comissão que analisa o pedido de impeachment do prefeito Marcelo Crivella no Rio de Janeiro se reúne nesta quarta-feira (19) para a leitura do relatório do vereador Luiz Carlos Ramos Filho (Podemos), relator do processo. Segundo apurado pelo RJ2, o relator deve pedir o arquivamento do caso.
‘Auxílio moral’ a criminosos
A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a soltura de um homem que passou sete meses preso, no Rio de Janeiro, sob a inusitada acusação de dar “auxílio moral” ao crime de receptação. A decisão foi tomada em julgamento na tarde de ontem. Entenda o caso.
Copa América
Firmino, da Seleção Brasileira
Juan Mabromata / AFP Photo
As vaias vieram novamente. Mas desta vez no segundo tempo. E não houve compensação para a torcida. O Brasil sofreu com a forte defesa da Venezuela e a tecnologia. Teve dois gols anulados pelo VAR e ficou no 0 a 0 na noite de ontem, na Fonte Nova, pela segunda rodada do Grupo A da Copa América. O resultado frustrou parte dos quase 40 mil torcedores que acompanharam o jogo em Salvador. Houve quem gritasse “olé” para os venezuelanos. Tite e companhia agora lutarão pelo primeiro lugar da chave com o Peru, no próximo sábado (22).
Jogos de hoje:
18h30: Colômbia x Catar
21h30: Argentina x Paraguai
E mais:
Copa América: veja como chegar ao estádio do Morumbi para ver Colômbia x Catar
Copa do Mundo Feminina
16 horas: Japão x Inglaterra
16 horas: Escócia x Argentina
Mega-Sena
Aposta única da Mega-Sena custa R$ 3,50 e apostas podem ser feitas até às 19h
Marcelo Brandt / G1
O concurso 2.161 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 125 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) em São Paulo (SP).
Educação
Alunos fazem manifestação contra corte de verba da UFF.
Reprodução / TV Globo
As dezenove universidades brasileiras classificadas entre as mil melhores instituições de ensino do mundo apresentaram piora em índices de qualidade, segundo a última edição do QS University Ranking 2020. Veja o ranking.
Segundo o estudo houve queda na empregabilidade de formandos, no desempenho das pesquisas acadêmicas, no nível de ensino e na atratividade para estudantes e professores estrangeiros.
E a tendência, segundo o diretor de pesquisas da QS, é de piora dos índices do país nos próximos anos.
“Existem poucos pesquisadores no mundo capazes de lidar com a perda de quase metade de seu orçamento (…). Dado que nosso indicador de pesquisa é baseado em cinco anos de dados, leva tempo para que as decisões políticas afetem o desempenho nos rankings”, afirma Ben Sowter.
Deslocados
Refugiados chegam em barco lotado; foto da exposição “Faces do Refúgio”
ACNUR / Divulgação
Total de pessoas deslocadas pelo mundo passa de 70 milhões, diz ONU. O número é o maior já registrado. Desse total, quase 26 milhões são considerados refugiados pelos padrões do Alto Comissariado das Nações Unidas (Acnur). Síria e Venezuela são pontos de preocupação da agência.
Música
Luísa Sonza
Divulgação / 27ª EXPOTCHÊ
Luísa Sonza tenta ir além do pop dançante coreografado. “Eu sou uma pessoa profunda no geral”, diz. Cantora gaúcha de 20 anos fala ao G1 sobre seu álbum de estreia. Além de “feat” com Pabllo Vittar, ela diz se inspirar em Ariana Grande, Cristina Aguilera, Mariah Carey e na “estética 2000”
Cinema
Assista ao trailer de “Turma da Mônica – Laços”
G1 já viu: “Turma da Mônica: Laços” é melhor filme infantil brasileiro e respeita espírito dos gibis. Filme com atores baseado nos quadrinhos de Mauricio de Souza estreia na semana que vem.
Curtas e Rápidas
Bailarinos da Maré conquistam vaga em escola de dança na Bélgica
Vaquinha virtual arrecada dinheiro para ajudar vendedora de balões arrastada por Mercedes no DF
Na evolução, cachorros passaram a levantar sobrancelhas para ter atenção dos humanos
SP deve ter 1,9 milhão de veículos nas estradas no ferido de Corpus Christi; veja os melhores horários para viajar
Blog do Samy Dana: A saga dos Vingadores e um velho dilema de economistas
Previsão do tempo
Saiba como fica o tempo na quarta-feira (19)
Hoje é dia de…
Início da Semana Nacional Antidrogas

Mais detalhes