Modelo está em pré-venda desde o Salão de SP, em novembro passado. Ele vem com um carregador de parede que é acoplado à rede elétrica doméstica, para reduzir o tempo de recarga. Nissan Leaf no Salão do Automóvel 2018
Fabio Tito/G1
A Nissan confirmou para julho a entrega dos primeiros Leaf comprados na pré-venda, aberta desde novembro de 2018 mediante sinal de R$ 5 mil. De acordo com a marca, 16 unidades já foram vendidas – o elétrico sai por R$ 178.400 e é importado do Reino Unido.
A partir de julho, o carro será vendido em 7 concessionárias de 6 cidades: duas em São Paulo e as demais em Brasília, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Rio de Janeiro.
A marca anunciou também que todos os exemplares serão acompanhados de um carregador de parede para recarga rápida em rede doméstica.
Com o carregador, chamado de “wallbox”, é possível carregar 100% da bateria de 40 KWH em até 8 horas. O cabo convencional, que também vem com o veículo, faz a mesma recarga em até 20 horas.
É preciso, no entanto, que a companhia elétrica local avalie as instalações da casa do proprietário para confirmar se ela comporta o equipamento.
Nissan Leaf foi um dos elétricos do Salão do Automóvel 2018
Fabio Tito/G1
O Leaf é movido por um motor elétrico de 149 cavalos de potência e autonomia (o quanto ele consegue rodar sem ter de recarregar a bateria de até 389 km.
Ele é equipado com câmeras de visão 360°, alerta de tráfego cruzado, de pontos cegos e de mudança involuntária de faixa, assistente de partida em rampa e faróis de LED. A bateria tem garantia de 8 anos de garantia para a bateria.
Zoe, Bolt & cia
Das outras duas marcas de volume que também anunciaram a venda de carros elétricos no Brasil no último Salão de São Paulo, a Renault afirma que já entregou 20 unidades do seu hatch Zoe. Um novo lote, com unidades já vendidas e outras que estarão nas duas lojas que oferecem o modelo, uma em São Paulo e outra em Curitiba.
O Zoe também é vendido pela internet. Ele entrou em pré-venda ainda no salão, e custa R$ 149.900. É menor e menos potente que o Leaf: o motor tem 92 cv. A autonomia de 300 km.
O Chevrolet Bolt também foi lançado no salão, mas só chegará no ano que vem, por R$ 175 mil. Ele tem o motor mais potente entre os 3 (203 cv) e a autonomia é semelhante à do Leaf, de 383 km.

Mais detalhes