Ela confessou que receberia R$ 3 mil para levar o veículo com a droga de Osasco, SP, para o Rio de Janeiro, diz PRF. 157 tabletes de maconha estavam distribuídos em cinco sacos plásticos
Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Uma mulher foi presa com 157 tabletes de maconha e um veículo clone na quarta-feira (15) na Via Dutra, em Barra Mansa. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a abordagem aconteceu na altura do km 287, no sentido Rio de Janeiro.
Os agentes informaram que a mulher ignorou a primeira ordem de parada e ao ser abordada no km seguinte, tentou fugir novamente em alta velocidade.
Quando os agentes conseguiram parar a mulher, ela disse que estava indo ao Rio de Janeiro visitar o pai que estaria doente. Disse ainda que não estava com nenhum documento pessoal e entregou apenas o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), que os agentes observaram apresentar indícios de falsificação.
Durante revista no interior do carro, foram encontrados 157 tabletes de maconha distribuídos em cinco sacos plásticos pretos que estavam atrás dos bancos dianteiros e no porta-malas. A mulher confessou que receberia R$ 3 mil para levar o veículo com a droga de Osasco, SP, para o Rio de Janeiro.
Ao realizarem a inspeção veicular, os policiais descobriram que se tratava de um veículo clone, sendo o original de mesma marca e modelo, com placas de Itaguaí, RJ, e registro de roubo no mesmo município em abril de 2017.
O caso foi registrado na Delegacia de Barra Mansa, onde a mulher de 32 anos vai responder por tráfico de drogas, receptação e uso de documento falso.
Veículo clone tinha registro de roubo em Itaguaí em abril de 2017
Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Mais detalhes