Açougueiro cometeu crime e fugiu para o litoral, mas foi preso pela Polícia Civil na noite desta quarta-feira (15). Crianças foram encontradas mortas abraçadas em um dos quartos da residência em Guarulhos, SP
G1 Santos
A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de matar a filha e a enteada em Santos, no litoral de São Paulo. A informação foi confirmada ao G1 na manhã desta quinta-feira (16). Segundo os policiais, o crime ocorreu por volta do meio-dia desta quarta-feira (15), na Vila Carmela, região do Bonsucesso. Logo depois, o criminoso fugiu para Santos.
As crianças foram assassinadas em Guarulhos (SP), e, de acordo com a Polícia Civil, a filha do suspeito, Priscilla Beatriz Tavares Almeida, de 3 anos, e a enteada, Edmilly Geovana Tavares da Silva, de 8 anos, foram encontradas mortas, abraçadas dentro de um quarto da residência.
Os policiais acreditam que os corpos estavam no local há mais de 12 horas. O suspeito ainda deixou um bilhete afirmando que matou as meninas por vingança, após descobrir uma traição da mãe das crianças.
Pai é suspeito de matar duas crianças em Guarulhos, segundo a Guarda Civil Metropolitana
Reprodução/ Google Street View
Após cometer o crime, o açougueiro deixou a cidade e fugiu rumo ao litoral, mas enviou mensagens ao avô das crianças avisando que tinha as matado. O avô procurou a Guarda Civil Metropolitana, que entrou no apartamento e encontrou as crianças mortas. A suspeita é que a filha e a enteada de Clayton tenham sido asfixiadas.
O homem foi preso nesta quarta-feira (15) em Santos e encaminhado para a Delegacia Seccional de Guarulhos. De acordo com a Polícia Civil, ele deverá passar por audiência de custódia ainda nesta quinta-feira (16).

Mais detalhes