De acordo com a PF, os documentos eram falsificados desde 2005 na casa do suspeito em Amambai (MS). A Polícia Federal de Ponta Porã (MS) cumpriu nesta quinta-feira (14) mandados de busca e apreensão em Amambai, a 332 km de Campo Grande. O alvo da ação era um homem de 38 anos suspeito de usar a própria residência para falsificar documentos indígenas, e depois utilizá-los para cometer fraudes no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).
De acordo com a Polícia Federal, o homem usava os documentos falsificados para para cometer fraudes no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).
Polícia Federal/Divulgação
De acordo com a PF, com os documentos falsificados o homem requeria aposentadorias, empréstimos consignados e outros benefícios do INSS. Segundo a investigação, as fraudes ocorriam desde 2005 e o investigado dedicava-se exclusivamente à essa prática. Os prejuízos aos cofres públicos ainda não foram calculados.
Além dos documentos, foram apreendidos computadores e celulares. O homem foi levado para a para a Delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã.

Mais detalhes