Ele invadiu com o carro a pista contrária e bateu na moto onde estavam as vítimas. Crime foi em Santa Rosa do Sul. O Tribunal do Júri condenou nessa quarta-feira (13) um homem a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado por ter provocado a morte de um casal de namorados, em Santa Rosa do Sul. Em novembro de 2014, com sinais de embriaguez, ele entrou com o veículo na contramão no km 441 da BR-101 e atingiu uma moto onde estavam as vítimas.
O julgamento durou 11 horas e meia e foi realizado na Câmara de Vereadores de Santa Rosa do Sul. O réu, que foi preso em flagrante, cumpriu 11 meses de prisão provisória e estava em liberdade em razão de habeas corpus, mas foi preso novamente após a sentença.
Familiares e amigos das vítimas, incluindo membros do grupo de motoqueiros de que as vítimas participavam, acompanharam a sessão vestidos de camisetas com fotografias do casal, informou o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).
O crime
O acidente foi por volta das 18h15 do dia 23 de novembro de 2014. A moto, com placa de Torres, no Rio Grande do Sul, seguia no sentido Sul quando foi atingido por um Gol com placas de Santa Rosa do Sul, que vinha na contramão.
O homem que pilotava a moto, Dirlenes Dimer Magnus, de 38 anos, morreu no local e a namorada dele, Manuela Pereira, de 31 anos, foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.
Veja mais notícias do estado no G1 SC

Mais detalhes